sábado, 5 de novembro de 2016

Homens!

Como é difícil conviver com homens. No mínimo desafiador...
Em casa sou eu, dois homens, 2 gatos machos e, graças a Deus, uma gatinha linda, branca, um olho de cada cor, azul e verde, um doce, minha "filha"...
Cresci sem irmãos, éramos eu, minhas duas irmãs gêmeas, minha mãe e minha avó. Meus pais eram separados, meu avô viveu conosco também mas faleceu cedo.
Não tive fortes exemplos de homens. Nunca os entendi muito bem até que meu sobrinho nasceu. Eu ainda não tinha filho. A convivência com aquele "molequinho" foi desafiadora e divertida. Fui aprendendo como funcionavam os meninos. Comecei a achá-los divertidos, leves, despreocupados. Quando minha sobrinha nasceu comecei a resgatar a menina em mim. 
Sabem, não sou aquele tipo de mulher cheia de fricotes. Cresci meio moleca, subindo em árvores, correndo descalça, ralando joelho...mas adorava a boneca Susi (o equivalente à Barbie). Nunca gostei de brincar com bonecas bebês...fantasiava a Susi morando sozinha, tendo namorado, etc...
Mas minha vida nunca foi como a dela.
Voltando aos homens, quando meu único filho nasceu, aí sim, eu comecei a conhecer os homens de verdade e as reações da família em relação ao machinho que acabara de nascer.
E para completar, meu filho era um bebê macho. Nunca ficou nas minhas pernas choramingando e balbuciando "mamãe". Frustrada fiquei...imaginava um bebezinho dengoso, grudado em mim, carinhosinho, sabem do que estou falando? Tanto amor pra dar...tanto dengo para curtir...e ele praticamente não precisava disso...
Ele mostrou-se independente desde muito cedo, o que me levou a entender que os filhos realmente não são nossos! O que é profundamente decepcionante.
Mas, voltando aos homens, eles são assim. Independentes! Não suportam controle de nossa parte, querem sentir-se os donos de suas vidas, não tendo que dar satisfação de nada.
Tenho meu lado masculino também e entendo isso, mas meu lado feminino quer um pouco de dengo, colo, atenção, respaldo, companheirismo, suporte, enfim...vocês mulheres me entendem.
Hoje, as questões de gênero estão mudando radicalmente. Talvez um jovem leia esse texto e diga: nossa, que coisa estranha...rsrs...as moças estão muito diferentes e os rapazes também. 
Ontem mesmo vi dois casais de mulheres, duas delas se beijando e achei meio estranho...ainda me choca um pouco. Que bobagem! Cada um deve procurar ser feliz do jeito que pode e quer, não é?
Achei que eu fosse uma pessoa de mente mais aberta mas pelo jeito vou ter que aprender a entender esse admirável mundo novo que está surgindo tão rapidamente e que às vezes me deixa sem fôlego!
Bom fds pra vcs!

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Quanto tempo...

Outro dia, assistindo um filme sobre uma blogueira que escrevia sobre como criar filhos lembrei da vontade que eu sempre tive de escrever. Não tenho muita disciplina, mas vou tentar...

Amigos e amigas, como é difícil envelhecer. Muito mesmo! 

Minha mãe dizia que quando a gente entra nos "enta" não sai mais e a coisa começa a complicar.

Estou com 56 anos. Mas...minha cabeça e desejos são de 20 anos, porém com muito mais esperteza, conhecimento, cultura...Como resolver essa questão?

Depois que a menopausa chega e continua fazendo seus estragos, parece que realmente estamos ficando velhas. Não vou descrever o que nos acontece pois todas sabemos. Mas e a vontade de criar, viajar, fazer novas amizades, aprender coisas novas, etc, etc...como fica tudo isso?

E, para quem tem filhos, existe outro problema: eles crescem e querem ir para o mundo, o que é normal e óbvio, e você perde seus bebês...arrumar gatos ajuda (tenho 3), mas não resolve. 

Aquele vazio na alma é inevitável!

E quando se tem somente um filho homem, como eu, piorou...

Já estou meio que adotando meu sobrinho mais novo e minha bebê sobrinha-neta. Eu e minhas irmãs estamos planejando o sequestro dela sem pedir resgate!!! Brincadeirinha....

Eu quero ser útil, aprender, viajar, fotografar, comprar, começar usar roupas estranhas, sapatos ecológicos, plantar minha comida, ensinar tudo que sei, cortar o cabelo bem curtinho, deixar ele branco, vender artesanato na praia.....ufa!
Isso tudo me lembra aquele filme "Hotel Marigold"...

Será que dá para fazer tudo isso?
Acho que não... O dinheiro está curto, o marido ainda não está aposentado, os calores incomodam, o cansaço me faz olhar para a cama como um prêmio dourado e se encontrar um pote de sorvete no caminho vou devorar...

Mas não posso desistir de percorrer esse estrada dourada, não tão longa como antes, pois a vida é um eterno recomeço. É um subir e descer montanhas e atravessar lamaçais. 

É hora de nos encontrarmos conosco, descobrir quem realmente somos sem deixar mais que outros nos contaminem com seus próprios desejos e maneiras de ser.

Temos que ir para dentro de nós e nos fazer perguntas e encontrar respostas.

Temos valor, qualidades, especialidades, saberes de mulheres lobas e leoas.

"Os lobos saudáveis e as mulheres saudáveis têm certas características psíquicas em comum: percepção aguçada, espírito brincalhão e uma elevada capacidade para a devoção. Os lobos e as mulheres são gregários por natureza, curiosos, dotados de grande resistência e força. São profundamente intuitivos e têm grande preocupação para com seus filhotes, seu parceiro e sua matilha. Tem experiência em se adaptar a circunstâncias em constante mutação. Têm uma determinação feroz e extrema coragem."

Clarissa Pinkola Estés descreve quem somos em nossa origem e podemos nos ver nesse trecho de seu livro "Mulheres que correm com Lobos". 

Sim, somos tudo isso e muito mais. Somo muito diferentes dos homens. Precisamos ser quem devemos ser e essa resposta está dentro de nós!

Corram lobas! Unidas!


quinta-feira, 14 de julho de 2016

Design, arte, por um preço mais baixo!

A gente reclama que não consegue comprar arte, que é muito caro, etc...Agora essa possibilidade já existe aqui no Brasil e chama-se Colab55.
Nesse link vocês encontrarão as informações sobre essas almofadas, criadas com minhas pinturas: https://www.colab55.com/@anacristinabachiegadecastro/pillows 




Esses acima são os posters.

link: https://www.colab55.com/@anacristinabachiegadecastro/postershttps://www.colab55.com/@anacristinabachiegadecastro/posters


Canecas



Ecobags/Sacolas/Bolsas


Sketchbooks


Chinelos



Cases de celular (diversos modelos)


Conheçam! Aproveitem para encomendar seus presentes! 

terça-feira, 31 de maio de 2016

Bolsas feitas por mim

Bolsa Molly IIIBolsa Losangos
Bolsa Molly II (1 unidade)Bolsa Pin-up (1 unidade)
Bolsa Rosácea (1 unidade)Bolsa Molly (1 unidade)

Essas bolsinhas foram feitas com muito amor, ponto a ponto, por mim, para você que gosta de vintage, retrô, artesanato. Visite minha loja no Elo 7 (link lá no alto do blog). 
São presentes únicos!

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Gráficos de Crochê




Para vocês amigas e amigos que visitam meu blog e amam artesanato como eu, esses gráficos fáceis de fazer. Sigam meu blog, comentem. Fico feliz!

Fonte: https://www.facebook.com/graficoscrochet/?fref=ts

quinta-feira, 17 de março de 2016

Crochês Novos! Em minha loja!



Sabem, aquela época em que as damas usavam umas bolsinhas lindas para levar suas femininices? Minha coleção de bolsinhas foi inspirada por aquela época. Espero que gostem.





quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Meus produtos no Colab55

Novidades! Agora você pode adquirir minhas artes impressas em posters, camisetas, almofadas, cases de celular, cartões, etc.... E por um preço muito bom por serem obras de artistas. Fim do ano tá aí! Essas fotos são um exemplo. Há mais coisas!
Poster Ilustração Cupcake 2 (original) de @anacristinabachiegadecastro | Colab55
Almofada Ilustração Cupcake 2 (original) de @anacristinabachiegadecastro | Colab55

Camiseta Ilustração Cupcake 2 (original) de @anacristinabachiegadecastro | Colab55
Case Ilustração Cupcake 2 (original) de @anacristinabachiegadecastro | Colab55
Acesse: https://www.colab55.com/@anacristinabachiegadecastro

sábado, 11 de julho de 2015